Mercedes-Benz. A primeira marca autorizada a usar o Nível 3 de condução autónoma

Mercedes-Benz acaba de garantir a aprovação para a utilização de um sistema de condução autónoma de Nível 3 na Alemanha, tornando-se na primeira marca do mundo a receber tal «autorização».

A aprovação foi feita pela Autoridade dos Transportes da Alemanha (KBA) e significa, em termos práticos, que a partir de 2022 a marca de Estugarda já poderá comercializar o Classe S com o sistema Drive Pilot (mas só na Alemanha).

Porém, este sistema de condução semiautónoma, que ainda exige a presença e a atenção do condutor, apenas está autorizado em cenários de utilização muito específicos: até aos 60 km/h e apenas em alguns troços da autobahn. Contudo, a Mercedes-Benz garante que no total são mais de 13 mil os quilómetros de autoestrada onde o Nível 3 poderá ser ativado, número este que deverá crescer no futuro.

Esta tecnologia, para já apenas disponível na mais recente geração do Mercedes-Benz Classe S, conta com teclas de controlo no volante, situadas perto de onde por norma estão as pegas para as mãos, que permitem ativar o sistema.

E aí, o Drive Pilot é capaz de gerir sozinho a velocidade a que o carro circula, a permanência em faixa e ainda a distância para o carro que segue imediatamente à frente. Consegue também realizar travagens mais fortes para evitar acidentes e detetar carros que estejam parados na via, esperando que haja espaço livre na faixa ao lado para assim o contornar.

 

By Razão Automovel


Pesquisa rápida