COP26. Portugal não assinou declaração para eliminar veículos a combustão.

Na COP26, Portugal, juntamente com outros países e alguns grupos automóveis não assinou a Declaração para as Zero Emissões de automóveis e veículos de mercadorias. 

Na Conferência do Clima COP26, Portugal não assinou a Declaração para as Zero Emissões de automóveis e veículos de mercadorias, juntando-se a países como a França, Alemanha e Espanha, ou os Estados Unidos da América e a China, alguns dos principais produtores de automóveis do planeta.Recordamos que essa declaração assinala o compromisso de governos e indústrias em eliminar a venda de veículos a combustíveis fósseis até 2035 dos principais mercados e até 2040 em todo o mundo.Portugal comprometeu-se, por outro lado, apenas a proibir veículos exclusivamente movidos com combustíveis fósseis até 2035, deixando de fora os automóveis híbridos, como foi aprovado na Lei de Bases do Clima, no último dia 5 de novembro.

 

By Razão Automovel 


Pesquisa rápida