65% dos portugueses carregam elétricos e híbridos em casa

Custos dos combustíveis fósseis são a principal motivação para 33% dos condutores na compra dos automóveis híbridos ou elétricos.
 
Segundo um estudo do Standvirtual, a plataforma de compra e venda de veículos em Portugal, cerca de 65% dos condutores que têm carros elétricos ou híbridos plug-in carregam-nos nas respetivas habitações.

De acordo com o mesmo estudo, intitulado de "Utilizadores de Carros Elétricos e Híbridos",  15% dos utilizadores carregam os veículos no local de trabalho, 11% carregam num posto de carregamento público e 9% carregam num local semipúblico. 

No geral, ao adquirir um veículo eletrificado, 22% optaram por instalar um carregador doméstico ou Wallbox. No entanto, 66% dos condutores fazem o carregamento por via de uma tomada elétrica e apenas 13% não efetua nenhum carregamento em casa.

Atualmente, entre os condutores que já têm um veículo eletrificado, 47% possuem um carro híbrido plug-in a gasolina e 43% possuem um carro 100% elétrico, seguindo-se os híbridos plug-in a diesel (13%) e os híbridos (8%).Os inquiridos destacam também que 44% da compra dos automóveis híbridos ou elétricos foi feita há cerca de um a dois anos e 34% há mais de dois anos.

Além do custo dos combustíveis (32%), os incentivos fiscais (23%) e a redução da poluição atmosférica (20%) são das principais motivações indicadas para comprar um veículo eletrificado. No entanto, quando viajam com carro elétrico, 56% dos inquiridos sentem-se limitados, apesar de 44% não o sentirem. 

Fonte: Auto ao minuto


Pesquisa rápida